Encontre estabelecimentos perto de você:

Notícias

Homem é morto após chamar suspeito de 'cheirador de cocaína' em Santa Luzia

27/09/2021 às 19:33 • Em Santa Luzia

Um homem de 28 anos foi morto com sete disparos de arma de fogo na noite deste sábado (25) no bairro Nova Conquista, em Santa Luzia. O suspeito, de 34 anos, foi preso na casa dele, localizada bem em frente onde o crime ocorreu. Tanto o autor quanto a vítima possuem passagens pela polícia.

Informações registradas no boletim de ocorrência dão conta de que, Marcos Vinícius Santos, conhecido como "gordinho" e o suspeito haviam se desentendido. O autor dos disparos contou que Marcos havia ido até a casa da ex-companheira dele, discutido com a mulher e dito para as filhas dele que o pai delas seria um "cheirador de cocaína".

Familiares da vítima relatam que após essa discussão com a mulher, Marcos retornou para casa e voltou a sair novamente. O suspeito disse que estava na rua de casa, comprando um lanche em um comércio de sanduíches, quando Marcos chegou bastante alterado no local o chamando de "noiado". O suspeito alegou que Marcos estava em uma moto e tentou acertá-lo dando um golpe com o capacete. Nesse momento ela confirmou que sacou a arma e efetuou disparos contra a vítima.

O dono do estabelecimento de sanduíches confirmou a versão e disse que após ouvir os disparos, olhou para a rua e viu Marcos já caído ao chão. A Polícia Militar foi chamada. No local os militares já encontraram o homem sem vida.

Ao saberem que o autor dos disparos morava em frente ao local do crime, os policiais foram até a porta da casa. Após tocar a campainha o suspeito chegou na sacada da residência, confirmou que havia matado a vítima e disse que estaria armado. Os policiais recuaram para se protegerem, caso o suspeito efetuasse algum disparo contra as viaturas, mas o homem, segundo o boletim de ocorrência, recuou e jogou a arma da sacada na calçada da rua.

Durante levantamentos, os militares constataram que a arma utilizada no crime é de um policial do Distrito Federal que foi roubada em março de 2019. A Polícia Militar informou que a vítima tinha passagens por porte ilegal de arma de fogo, tráfico e consumo de drogas. Já o suspeito tem passagens por tráfico de drogas e ameaça.

A perícia da Polícia Civil esteve no local e constatou que o homem morreu após receber quatro tiros na cabeça, dois no ombro direito e um nas costas.

A ocorrência foi encerrada na Delegacia de Plantão de Santa Luzia.

Deixe seu comentário